Palavras que Edificam
De boas palavras meu coração está cheio, na escrita me revelo.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos

ATÉ AS FLORES

São sensíveis, leves e belas
Flores que bailam na Primavera
As adversidades não as incomodam?
Nem perigos lhe esperam?
Pra que servem seus espinhos
Que no descuido nos causam dor
Toda natureza tem uma defesa
Do Supremo Criador
A perfeita beleza  das flores
Não resiste ao vento voraz
Nem do Sol que bronzeia suas pétalas
Retira-lhes o vigor e envelhecer  as faz.
Toda criação tem um tempo marcado
Tempo de gozo e tempo de dor
De andar em jardins, de cultivar a flores
Tempo controlado pelo Criador
Até as  flores tem suas adversidades
As tempestades, o vento, o Sol
Se não submetem a elas
Não seriam assim tão belas
A água nutre os seus galhos
O vento espalha o pólen
O Sol fornece a energia
Transforma-as de dentro pra fora.
Assim também são as provas
As dores causadas por nossos espinhos
Sem eles não seríamos moldados
Nem fortalecidos em nossos Caminhos
Deus como nosso único jardineiro
Faz a poda e limpa o nosso ser
Refaz  os canteiros, elimina as pragas
Renovando o nosso viver.
Elma Sales
Enviado por Elma Sales em 11/10/2018


Comentários