Palavras que Edificam
De boas palavras meu coração está cheio, na escrita me revelo.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos

SER MÃE
Ser Mãe...
Dizem que ser mãe é sofrer no paraíso. Espero que no paraíso não tenha sofrimento. Então, ser mãe é sofrer aqui na Terra mesmo, pode ser sofrível toda a caminhada de uma mãe, mas com certeza há seus jardins. Nestes jardins vivemos um paraíso.
       Mesmo antes da criança nascer, já começamos o dilema: que nome este rebento deverá ter? Com quem será parecido? Tomara que saia ao marido.
Bem, se você não sabe o que é ansiedade, passa a conhecê-la quando descobre que será mãe, e digo, não se livrará de preocupações até que o seu fruto se torne pai ou mãe como você, ou talvez quando você for para o paraíso.
Se o paraíso for passar pelas dores do parto, logo caí fora! Só me enganei  no primeiro, mas não sou do contra, sou medrosa
E se amamentar for o paraíso, os primeiros dias deste paraíso são uma tormenta, porém, logo depois, para algumas mulheres torna-se calmaria. No meu caso, optei apenas pelos seis meses para não viciar as crianças em bico.Temos que ter desculpas, essa foi a minha.
Passar noites sem dormir, preparar mamadeiras a cada três horas ou vigiar o mosquiteiro para não passar nenhum pernilongo, também fazem parte do sofrer no paraíso.
Mas quando você recebe aquele joelho amassado nos braços, tudo começa a valer a pena. Nossa Alma enche-se de ternura e ganhamos asas como as de anjos. Tudo é muito encantador, lindo, gostoso e com cheirinho de bebê... até o primeiro cocozinho!
Os filhos crescem e acho que nossas asas também. Dia após dia, seguimos vigiando e zelando para que cresçam sadios e bens sucedidos, nos refreamos para que eles se firmem cada vez mais. Embobecemos, até que um dia ... nos braços de outra ou outro eles acenam um adeus. Só nos resta esperar os frutos dos frutos que irão surgir. E o paraíso? Fica por conta dos sorrisos, abraços, passeios, descobertas, festinhas, aniversários, conversas ao pé do ouvido...
Continuamos com as asas, pois elas nos farão alcançar as alturas e não olhar para baixo quando eles se forem. Olharemos sempre para cima a vislumbrar que a nossa vida continua neles, para sempre, eternamente...


Elma Sales
Enviado por Elma Sales em 09/05/2017
Alterado em 28/03/2018


Comentários